Image1\ Image2\ Image3\ Image4\
 


Praia Grande
 é um município da Microrregião de Santos, na Região Metropolitana da Baixada Santista, no estado de São Paulo, no Brasil. A população, de acordo com o censo demográfico de 2013, é de 288 401 habitantes e a área é de 145 km², o que resulta numa densidade demográfica de 1 988,97 habitantes por quilômetro quadrado. A cidade de Praia Grande tem uma das mais movimentadas praias do Brasil. Na alta temporada, recebe cerca de 1,4 milhão de turistas (mais de cinco vezes a sua população fixa, que também vem se expandindo depressa: com crescimento de 56 000 habitantes entre 2000 e 2009, Praia Grande recebeu o título de "a cidade que mais cresce no Brasil"


Até a chegada dos portugueses, no século XVI, as terras do atual município eram habitadas pelos índios tupiniquins . A região foi uma das primeiras colonizadas pelos portugueses no Brasil. Tal colonização se iniciou com a chegada de Martim Afonso em 1532. A primeira vila fundada pelo explorador, enviado pela coroa portuguesa, foi justamente a de São Vicente, de que Praia Grande foi parte até 1967.

Após a emancipação, a cidade acelerou levemente o ritmo de crescimento experimentado desde a década de 1950, ganhando maior qualidade em seus serviços públicos, dada a proximidade do poder municipal com a realidade da população local. Na década de 1980, a cidade ganhou novo impulso para seu crescimento, com a inauguração da Ponte do Mar Pequeno (no trecho final da Rodovia dos Imigrantes), ligando a ilha de São Vicente à cidade, e resolvendo dois problemas de uma só vez: além de desafogar o trânsito na saturada Ponte Pênsil, a cidade ganhava uma ligação direta à capital, sem a necessidade de se passar pelas cidades de Santos e São Vicente, a fim de acessar a Via Anchieta, então a única opção para se chegar à capital. Assim, Praia Grande passou a ser o balneário mais próximo da capital.

No entanto, esta facilidade de acesso trouxe grandes inconvenientes, que viriam a ser solucionados a partir de 1993, quando a cidade iniciou uma verdadeira revolução: o sistema de transportes foi totalmente remodelado, mais de 90 por cento das ruas foi pavimentada, o esgoto iniciou uma expansão em coleta (que começou com 60 por cento dos domicílios, com previsão de chegar a 100 por cento até 2012), sendo tratado e arremessado a mais de 3 quilômetros da costa, a orla da praia e os principais pontos turísticos foram totalmente reurbanizados, proibiu-se a entrada de ônibus de excursões sem prévia licença da prefeitura, o sistema viário foi totalmente revisto e readequado, em intervenções que ocorreram até 2006.

Alguns projetos ainda deverão ser implantados na cidade, independentemente da administração, como o Aeroporto de Cargas na região do Andaraguá, os campi da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho e da Universidade Federal de São Paulo, a transformação do aterro sanitário municipal em parque ecológico (que aguarda descontaminação do solo) e a Rota 700, que ligará o Anhanguera à Imigrantes.
______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
Fortaleza do Itaipu



Fortaleza de Itaipu ocupa área privilegiada. Além de manter sob sua guarda uma das últimas reservas de Mata Atlântica do Estado, de suas dependências é possível visualizar com segurança a entrada da baía de Santos e toda a extensão da orla de Praia Grande. No local, ainda são mantidas atividades militares. Entretanto, é ótima opção de passeio e lazer para moradores e turistas, que podem agendar visitas pelo telefone (13) 3473-2511. Localiza-se na Avenida. Marechal Mallet, s/n.º, no bairro Forte.
_______________________________________________________________________________________________________________________________________________

Calçadão Orla da Praia



Em 1993, Praia Grande iniciou a construção do calçadão na orla marítima, uma importante obra, que gerou um grande impulso para a construção civil na cidade. O calçadão possui uma ciclovia a beira mar e é cercado por coqueiros. Ao longo dos seus 22 km, o calçadão tem dois emissários submarinos, quiosques padronizados, duas boutiques do peixe, áreas de lazer, um Centro de Vivência para o Idoso (Conviver) e estacionamento. 
_______________________________________________________________________________________________________________________________________________

Portinho



Tradicional ponto de encontro de grupos de amigos e famílias, na margem do Mar Pequeno, o local, mais conhecido como Portinho, tem fácil acesso a partir do Portal da Cidade. Oferece 26 quiosques de alvenaria equipados com churrasqueira, mesa e bancos. Há também píer de 150 metros para pesca e locação de barcos. A entrada é gratuita.
______________________________________________________________________________________________________________________________________________

Passeio de Escuna



A embarcação tem como ponto de partida a Área de Lazer Ézio Dall’Acqua, o Portinho, com acesso pela Avenida Ayrton Senna da Silva, na altura do Portal de entrada da Cidade. No roteiro, o visitante conhece manguezais, passa sob as pontes do Mar Pequeno e Pênsil, pela orla da Praia do Gonzaguinha e tem a oportunidade de mergulhar na Praia de Paranapuã, no Parque Estadual Xixová-Japui, em São Vicente. Com uma hora e meia de duração, o passeio custa R$ 15,00. As saídas ocorrem das 10 às 18 horas, nos finais de semana e feriados. Informações pelos telefones 3567-2406 e 9743-1785.
_______________________________________________________________________________________________________________________________________________



Avenida Principal do Comercio ( Av. Pres. Costa e Silva)


________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Praça da Paz ( Av. Brasil 600 Boqueirão)


 

 

Av. Presidente Castelo Branco nº 4078 - Aviação - Praia Grande / SP - Fone: 13 3481.1913
(c) 2014 Todos os Direitos Reservados - Waikiki Hotel e Restaurante